0

Apuração Anual – Empresas Imunes/Isentas

Contábil > Apuração > Apuração Anual

Permissões de Usuário: MB__info

1970 – Apuração LALUR

As empresas optantes pelo Lucro Real podem estar enquadradas no regime de apuração Imune ou Isentas com relação ao IRPJ e CSLL, portanto foi disponibilizado no ERP a opção de apuração para estes tipos de regimes.

O que são as instituições Imunes?

As instituições imunes estão desobrigadas ao recolhimento do IRPJ. Enquadram-se nessa qualidade de imunidade, todos os templos de culto religioso, os partidos políticos e suas fundações e as entidades sindicais, instituições de educação e de assistência social sem fins lucrativos.

O que são as instituições Isentas?

Algumas instituições estão isentas total ou parcialmente do recolhimento do IRPJ e do CSLL. São elas: instituições filantrópicas, recreativas, culturais e científicas, assim como as associações civis sem fins lucrativos.

 

Para utilizar essa ferramenta, devemos seguir os seguintes passos:

1) No cadastro da loja, aba: Loja, Guia: Contábil/ Fiscal o campo: Forma de Tributação deve estar selecionado como: Imune do IRPJ ou Isenta do IRPJ

 2) E para realizar a apuração acesse a tela da Apuração Anual, pelo caminho: Contábil > Apuração > Apuração Anual: Selecione o Ano, Loja, Mês e o tipo de apuração que deseja fazer ou consultar, disponibilizamos para empresas Imunes e Isentas o tipo de Apuração por Balancete de Suspensão/ Redução e Estimativa.

3) Ao fazer a busca pelo tipo de apuração: Balancete de Suspensão/Redução poderá visualizar os dados pelas abas:

– Aba IRPJ

Onde poderá selecionar a empresa que deseja visualizar o Cálculo da IRPJ com detalhes.

Observação:

  • Os valores serão exibidos zerados e se houver necessidade o usuário poderá realizar o preenchimento do campo de Resultado DRE.

  • No campo Valor da Retenção Compensado, tanto para o IRPJ e CSLL, quando houver valores, poderá selecionar quais farão parte da apuração, sendo que os que não fizerem é só retirar a seleção:

  • No campo Valor da Retenção Compensado em períodos anteriores, tanto para CSLL e IRPJ, quando for necessário informar valores do IRPJ que não foram utilizados em períodos anteriores, poderão ser inseridos na competência:

– Aba CSLL

Onde poderá visualizar o Cálculo da CSLL com detalhes e realizar os lançamentos de valores da retenção compensado e compensado em períodos anteriores:

– Aba Guia de Recolhimento

Se ao final do período selecionado existir valor de imposto a pagar para IRPJ e CSLL, através da aba guia de recolhimento o usuário poderá visualizá-los:

4) – Para Apurar, veja na tela abaixo como proceder:

Observação: É possível no momento da apuração selecionar para gerar a guia de recolhimento informando qual o código de recolhimento que deve aparecer na guia.

5) – Após apurado poderá visualizar as contabilizações:

Observações para as apurações por Balancete de Suspensão/Redução e Estimativa, foram criados novos mapeamento contábeis: IRPJ APURADO POR ESTIMATIVA e CSLL APURADO POR ESTIMATIVA

6) Ao fazer a busca pelo tipo de apuração: Estimativa

– Aba IRPJ:

 Poderá visualizar os dados pelas abas e os campos de Base Presumida ficaram habilitados, caso seja necessário informar algum valor:

– Aba CSLL

Onde poderá visualizar o Cálculo da CSLL com detalhes e o campo de Base Presumida também ficará habilitado caso seja necessário informar valores:

7) As guias de recolhimento e contabilização seguiram os mesmos critérios do tipo de apuração: Balancete de Redução/ Suspensão.

8) Após o encerramento de todos os meses, independente do tipo de apuração, deve ser realizada a apuração anual, que fará o encerramento das contas de resultado e trará o saldo apurado.

Capture 81

Observações:

1 – Para novas lojas cadastrados, antes de iniciar a apuração é preciso obrigatoriamente inserir o Saldo Inicial e a competência, isso para informar o período que a contabilidade será iniciada no sistema, ou seja, quando iniciará a apuração da empresa.

Feito os passos acima, você terá realizado feito a apuração da apuração anual no ERP.

0

Dashboard de Cobertura de Exposição da Loja

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

BI > Bluesoft Intelligence > Dashboard de Cobertura de Exposição da Loja

Permissões de Usuário: MB__info

2116 – Cobertura de Exposição da Loja

Pelo Dashboard de Cobertura de Exposição da Loja é possível analisar a exposição dos itens por loja.

0

Contas a Receber – Manutenção de duplicatas

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Financeiro > Contas a Receber > Consultar

Permissões de Usuário: MB__info
745 – Alterar AP após vencimento
1383 – Alterar Conta Contábil
1272 – Alterar Loja Recebedora
763 – Alterar Número NF
1066 – Alterar Vencimento AR – a partir de hoje
1541 – Anistiar Duplicata de Cobrança
406 – Contas a Receber Alterar
404 – Contas a Receber Consultar
407 – Contas a Receber Excluir
903 – Detalhes Cartório Alterar
1542 – Estornar Anistia de Duplicata de Cobrança
1167 – Manutenção de Ars
1577 – Protestar e Estornar Duplicata
706 – Reimpressão Borderô

Introdução:

Através dessa tela é possível realizar a manutenção de duplicatas em lote, segue abaixo algumas opções:

  • Alterar loja recebedora
  • Conta Contábil
  • Centro de resultado
  • Tipo de Cobrança
  • Competência
  • Prioridade
  • Cobrado
  • Forma de pagamento
  • Data Vencimento
  • Conta bancária

Para utilizar, devemos seguir os seguintes passos:

Na tela de Consulta do contas a receber,após preencher os filtros, clicar no ícone de Manutenção de Duplicatas.

Para realizar as alterações citadas acima em lote, será necessário selecionar as duplicatas e clicar nos ícones de alteração, conforme imagem abaixo:

0

Recebimento de Cargas – Criação via API

O Bluesoft ERP conta com uma API REST pronta para nossos clientes que queiram fazer integração de algum sistema interno com nossas funcionalidades.

Toda a documentação e funcionalidades disponíveis para integração estão em: erp.bluesoft.com.br/api/

A segurança dessa API é feita através de um token que pode ser obtido em:

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Administração > Segurança > Usuário

Permissões de Usuário: MB__info

Número – Nome da Permissão

2088 – Usuários

gerarToken

 

Esse token deve ser passado no Header da Request. Segue um exemplo de como poderíamos consultar os clientes cadastrados no ERP utilizando jQuery.

 

var securedToken = '<token-gerado-na-tela-de-usuario>';

$.ajax({
  url: '<tenant>/api/<endpoint>',
  type: 'GET',
  headers: {
    'x-CustomToken':securedToken,
    'Content-Type':'application/json'
  }
}).done(function(result) {
    
    var dados = result.data;
    //Utilize esses dados em seu sistema
})
.fail(function(result) {
    alert('Não foi possível obter os dados');
});

0

Consulta de Notas Fiscais

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Estoques e NF-e > Notas Fiscais > Consulta de Notas Fiscais

Permissões de Usuário: MB__info

1344 – Cancelar Nota Fiscal

1308 – Consulta de Notas Recebidas

1634 – Enviar Nota Fiscal Eletrônica pelo SCAN

1406 – Faturar Nota Fiscal

667 – Incluir carta de correção

182 – Recebimento Consultar

1482 – Recusar nota fiscal

16 – Reimpressão Notas Consultar

A Consulta de Notas Fiscais tem como finalidade, demonstrar todas as notas fiscais de saída e entrada registradas no Bluesoft ERP.

0

DMA – Bahia

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Fiscal > Informativos > Exportações Estaduais

Permissões de Usuário: MB__info

2288 – Gerar Exportações Estaduais

DMA/BA – Declaração e Apuração Mensal do ICMS

A DMA é uma declaração mensal  com informações relacionadas ao ICMS que deve ser entregue a SEFAZ do Estado da Bahia  pelos contribuintes que apurem o imposto pelo regime normal ou pelo regime de apuração do imposto em função da receita bruta

Obrigação de entrega

Contribuintes inscritos no cadastro estadual que apurem o imposto pelo regime normal (conta corrente fiscal), exceto os contribuintes inscritos sob o atributo de unidade auxiliar ou, anteriormente, classificados na atividade econômica de Depósito de Mercadorias Próprias.

Como entregar a DMA

A DMA  é transmitida através da Internet. Deve ser entregue uma DMA para cada mês de referência (mês-calendário). A DMA deve ser entregue mesmo que o contribuinte não tenha realizado operações ou prestações durante o mês a que a mesma se refira.

Prazos

Os prazos de entregas da DMA/BA são os seguintes:

Mensalmente, até o dia 20, relativa às operações do mês anterior.

0

Dashboard de Análise de Patrimônio

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

BI > Bluesoft Intelligence > Análise de Patrimônio

Permissões de Usuário: MB__info
2294 – Análise de Patrimônio

Pelo Dashboard de Análise de Patrimônio é possível analisar os itens de Patrimônio bem como os valores de aquisição e o total depreciado. Ainda pelo Dashboard é possível utilizar diversas filtragens que auxiliem na análise de patrimônio do seu negócio.

1 – No painel de Análise de Patrimônio existem alguns filtros para facilitar a busca dos patrimônio da sua empresa:

patri1

2 – No quadro de Resumo é possível analisar o Valor Total de Aquisição de Patrimônio, o Valor Atual com Depreciação, o Total do que já foi depreciado e o percentual que corresponde o Total Depreciado de acordo com os filtros selecionados:

 

patri2

3 – No quadro de Depreciação Patrimonial ao Longo do Período é possível analisar ao longo de um período o valor de aquisição do patrimônio em azul e em laranja o valor atual com depreciação:

patri3

4 – No quadro de Lojas com Maior Depreciação é possível analisar a parcela que a loja representa no total da depreciação, ou seja, as lojas são agrupadas de acordo com o total da aquisição de patrimônio:

patri4

5 – Na tabela de Patrimônios com Maior Depreciação é possível analisar um Rank dos de Patrimônios com suas informações detalhadas:

patri5

6 – Filtrando o Patrimônio é possível analisar uma Linha do Tempo do Patrimônio com o Valor Depreciado Acumulado e o Valor Patrimônio com Depreciação:

 

patri6

0

API para Consulta de Produtos

O Bluesoft ERP conta com uma API REST pronta para nossos clientes que queiram fazer integração de algum sistema interno com nossas funcionalidades.

Toda a documentação e funcionalidades disponíveis para integração estão em: erp.bluesoft.com.br/api/

A segurança dessa API é feita através de um token que pode ser obtido em:

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Administração > Segurança > Usuário

Permissões de Usuário: MB__info

Número – Nome da Permissão

2088 – Usuários

gerarToken

 

Esse token deve ser passado no Header da Request. Segue um exemplo de como poderíamos consultar os clientes cadastrados no ERP utilizando jQuery.

var securedToken = '<token-gerado-na-tela-de-usuario>';

$.ajax({
  url: '<tenant>/api/produtos',
  type: 'GET',
  headers: {
    'x-CustomToken':securedToken,
    'Content-Type':'application/json'
  }
}).done(function(result) {
    
    var produtos = result.data;
    //Utilize esses dados em seu sistema
})
.fail(function(result) {
    alert('Não foi possível obter os produtos');
});

 


API para consulta de produtos (GET)

documentacao

documentacao1


Model

documentacao2

 


Exemplos de Consulta

 

  • Consulta de produtos sem filtro:

consultaProdutos


  • Consulta de produtos utilizando o filtro produtoKey

consultaProdutoKey


  • Consulta de produtos utilizando o filtro gtin

consultaGtin


  • Consulta de produtos utilizando o filtro obrigatoriedadeDataValidade

consultaValidadeObrigatoria


  • Consulta de produtos utilizando o filtro obrigatoriedadeLote

consultaLoteObrigatorio


  • Consulta de produtos utilizando o filtro ultimaAlteracao

consultaDataUltimaAlteracao


Combinação de filtros

Consulta de produtos de todos os produtos com validade obrigatória, alterados em 13/01/2014

consultaCombinacaoFiltros

0

DAC – Alagoas

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Fiscal > Informativos > Exportações Estaduais

Permissões de Usuário: MB__info

2288 – Gerar Exportações Estaduais

DAC/AL – Declaração de Atividades do Contribuinte

A Declaração de Atividades do Contribuinte – DAC é um documento informatizado destinado a coletar dados periódicos sobre as operações com mercadorias e prestações de serviços de transporte e comunicação, realizadas por contribuintes do ICMS, além de outros dados de interesse do fisco estadual.

Obrigação de entrega

A DAC Atividades deve ser apresentada por todos os contribuintes inscritos no CACEAL – Cadastro de Contribuintes do Estado de Alagoas, exceto os inscritos como Substituto Tributário.

Periodicidade de entrega da DAC:

• Mensal Empresa Normal (CACEAL 240 e 241)

• Quadrimestral Empresa de Pequeno Porte (CACEAL 246) Microempresa (CACEAL 248)

• Anual Produtor Rural e Extrator (CACEAL 243) Ambulante (CACEAL 247) Atenção! Os contribuintes que apresentam a declaração mensal ou quadrimestral devem ainda, anualmente, apresentar a DAC com informações anuais (ver Instrução Normativa 029/2002).

Como entregar a DAC

O programa gerador da DAC 2.1 está disponível via Internet na página da Secretaria Executiva de Fazenda no endereço www.sefaz.al.gov.br e ainda em CD ou disquete no prédio sede e em algumas gerencias regionais da SEFAZ. Além da forma convencional de digitação, o programa permite a importação de dados das declarações dos contribuintes que possuem escrituração em meio magnético a partir da geração de um arquivo formato texto de acordo com a descrição de leiaute aprovada pela SEFAZ.

Prazos

  • Os contribuintes obrigados à entrega da DAC mensal deverão, em relação às informações de periodicidade mensal, entregá-la à SEFAZ até o dia 15 do mês subseqüente ao mês a ser informado e em relação as informações de periodicidade anual entregá-la até o dia 15 do mês de maio subseqüente ao período anual a ser informado.
  • Os contribuintes obrigados à entrega da DAC quadrimestral deverão, em relação as informações de periodicidade quadrimestral, entregá-la à SEFAZ até o dia 15 do primeiro mês do período subseqüente ao informado e em relação as informações de periodicidade anual até o dia 15 do mês de maio subseqüente ao período anual a ser informado.
  • Os contribuintes obrigados à entrega da DAC anual deverão entregá-la à SEFAZ até o dia 15 do mês de maio subseqüente ao período anual a ser informado, devendo no entanto observar a forma de apresentação das informações em cada quadro (mensal ou anual). A DAC deverá ser transmitida pela Internet ou entregue em disquete em um dos postos de atendimento da SEFAZ.