O Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, de competência dos Municípios e do Distrito Federal, tem como fato gerador a prestação de serviços constantes da lista anexa à Lei Complementar 116/2003, ainda que esses não se constituam como atividade preponderante do prestador.

As alíquotas podem variar de 2% a 5% que serão aplicadas na base de cálculo do ISS que será o preço do serviço, que corresponde à receita bruta com ele obtida, sem nenhuma dedução, excetuados os descontos ou abatimentos concedidos independentemente de qualquer condição.

 

4 Responses to “ISS”

  1. Contrato Financeiro - Prestação de Serviço Municipal - Portal de Ajuda do Bluesoft ERPPortal de Ajuda do Bluesoft ERP

    […] de cálculo de ISS Retido: valor que será utilizado como base para o cálculo do […]

    Responder
  2. Central de Tributos PIS

    […] DARF Comum (cor preta) – utilizado para pagamentos de receitas federais pelas pessoas físicas e jurídicas, exceto as optantes pelo SIMPLES NACIONAL. DARF Simples (cor verde) – utilizado exclusivamente por pessoas jurídicas, enquadradas como microempresa e empresa de pequeno porte, para pagamento unificado do IRPJ, PIS/PASEP, CSLL, COFINS, IPI, contribuições para a Seguridade Social e, quando houver convênio com estados e municípios, ICMS e ISS. […]

    Responder
  3. Contrato Financeiro - Tomada de Serviço de Prestador Municipal - Central de Ajuda da BluesoftCentral de Ajuda da Bluesoft

    […] de cálculo de ISS Retido: valor que será utilizado como base para o cálculo do […]

    Responder

Leave a Reply