Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Financeiro > Contas a Pagar > Agrupamento

Permissões de Usuário: MB__info

1447 – Contas a Receber – Desmembrar

1608 – Desmembrar Duplicatas com Data Retroativa

A rotina de Desmembramento de Contas a Receber tem como finalidade realizar a divisão de uma duplicata de recebimento em duas ou mais. O desmembramento pode acontecer por diversos motivos, tais como: negociação de cobrança de um cliente que não poderá realizar o pagamento em uma única parcela.

Para utilizar essa ferramenta, devemos seguir os seguintes passos:

 

Acessar o menu Financeiro > Contas a Receber

Acessar uma duplicata de cobrança e clicar sobre o ícone da fatura e selecionar a duplicata.

 

1. Desmembrar a Duplicata Selecionada: Para realizar essa operação, a duplicata não pode estar quitada, associada à um borderô, ter abatimentos ou ser abatimento de outra duplicata e após clicar no botão;

desmembrar

2. Prosseguir: após selecionar as duplicatas e clicar para desmembrar, é necessário incluir o número de parcelas e clicar em Prosseguir;

prosseguir

3. Salvar: após preencher os dados da nova duplicada, devemos clicar em Salvar.

Captura de Tela 2015-10-30 às 13.46.56

4. Desfazer o Desmembramento: é possível ainda, desfazer o desmembramento da duplicata pelo botão de estornar;

des

Além disso, temos uma opção de criar uma duplicata do tipo Acréscimos a partir de um desmembramento.

A duplicata de acréscimo pode ser gerada em casos em que a duplicata original contém valores de juros e/ou multa, porém o cliente pagou apenas o valor nominal ou um valor menor que o valor líquido. Nesse caso, é necessário desmembrar a duplicata sendo uma no valor que foi pago pelo cliente e as demais no valor restante referente ao valor dos acréscimos.

Porém contabilmente, devido aos valores de juros e multa não serem provisionados, é necessário gerar uma contabilização para as novas duplicatas de acréscimo que forem geradas. Para isso, é necessário preencher os seguintes mapas contábeis:

 

Feito isso, no momento do desmembramento, é necessário selecionar a seguinte opção:

Ao prosseguir, a tela exibirá uma opção para informar qual será o valor da duplicata do tipo Saldo de Acréscimo:

O valor da duplicata de acréscimo, apesar de ser referente a valor de juros, deve ser preenchido no campo “valor”, pois na nova duplicata o valor será utilizado como o valor nominal da duplicata.

Observação: para confirmar o desmembramento, a somatória do campo “valor” de ambas as duplicatas deve ser igual ao VALOR LÍQUIDO da duplicata original.

A duplicata referente ao valor de acréscimo será criada com o tipo específico “Saldo de Acréscimos”

Leave a Reply