Fiscal -> Apuração de Tributos
Permissão: 1121 – Consultar Apuração da Escrita Fiscal

Para realizar a apuração do PIS e COFINS, o usuário poderá realizar através da aba PIS e COFINS da nossa Apuração de Tributos.

A apuração será feita mensalmente, caso a empresa não for filial, as guias serão geradas pela apuração da empresa selecionada, caso essa empresa for filial, a apuração será feita também, mas os dados serão centralizados na empresa Matriz, onde será gerada a Guia de Impostos Centralizada.

Para utilizar essa ferramenta, devemos seguir os seguintes passos:

1) A apuração de Pis e Cofins no bluesoft ERP é divida em duas Sub abas. (Demonstraremos a aba PIS, mas a lógica será a mesma para COFINS).

Aba detalhes que será divida em:

– Créditos: Total de lançamentos a créditos efetuados no período.

– Contribuição: Total dos lançamentos a débito do período.

– Receitas não tributadas: Lançamento de receitas não tributadas do período.

-Extra Apuração: Lançamentos que não geraram créditos e débitos no período.

-Totais da receita Bruta: Totais de receitas tributadas e não tributadas e o percentual de cada uma dentro da receita bruta.

Aba Resultado:

Resultado: Valores dos saldos finais da apuração.

2) No quadro de Créditos, serão demonstrados os totalizadores dos registros de entradas que deram crédito no período.

Esses créditos englobam, compras de mercadorias, algumas despesas, depreciação, ajustes de escrita fiscal.

Veja como é demonstrado o quadro abaixo:

Observações sobre a parte de créditos:

1-) Se em algum momento houver alguma entrada de crédito de Pis e/ou Cofins com CST 53, a apuração, automaticamente, fará os cálculos como Rateio Proporcional, com isso a tela de créditos ficará dessa forma:

2-) Se por acaso a apuração atual houver créditos de Pis e/ou Cofins de meses anteriores ou a apuração atual houver mais crédito que débitos e mandará o valor para a próxima competência, na coluna “Saldo Anterior” e na linha correspondente ao CST que está com o crédito, habilitará a consulta do controle de créditos tanto no cálculo do Pis quanto no Cofins.

3) No quadro de Contribuições, demonstraremos os totalizadores do cálculo da contribuição a pagar, são as saídas.

Demonstraremos os totalizadores por alíquota e também o total descriminado por operação: Venda, Ajustes da escrita fiscal (+/-),

Veja o quadro abaixo:

4) No quadro Receitas não Tributadas, mostramos os totalizadores das saídas por código de Receita não Tributada configurados no CST que indica a não incidência, essas saídas são as que não incidem contribuição do imposto.

OBS: A configuração desses código fica no cadastro do produto na aba Figura Fiscal.

Veja um exemplo:

Captura de Tela 2015-02-04 às 14.20.41

Poderá visualizar os totais por produto para cada código de receita não tributada de PIS e COFINS, basta clicar sobre o valor total e verá os itens dentro de cada código e seus totais.

receita nao tributada bluesoft

Observação: Ao mudar a configuração do cadastro do produto, para refletir o valor na apuração será preciso re-processar a tela com o mesmo período da apuração.

5) No quadro Extra Apuração, serão totalizados as entradas e Saídas não compuseram Crédito nem Débito do Imposto, isso, porque devido a especificação do SPED Contribuições, os valores das entradas e saídas não incidem a contribuição não devem ser informados na obrigação, então por isso essas valores serão informados no quadro Extra Apuração apenas.

Veja abaixo o quadro e a instrução do SPED Contribuições:

Captura de Tela 2015-02-04 às 14.23.24

Para entradas:

Captura de Tela 2015-02-04 às 14.23.10

Para Saídas:

Captura de Tela 2015-02-04 às 14.23.17

6) Caso nas emissões das Notas Fiscais de Venda houver ocorrido a retenção de impostos, estes com possibilidade de aproveitamento, será demonstrado o total no quadro Resultado em Retenção na Fonte, onde ao clicar poderá visualizar todas as Notas Fiscais que houveram a retenção do imposto.

Veja:

7) No quadro Totais da Receita Bruta, será apresentado os valores dos totais das receitas, tanto tributada quanto não tributada. Esse quadro auxiliará bastante, para as apurações de Pis e Cofins do método Rateio Proporcional, pois através dos percentuais das receitas é feito o cálculo do método de Rateio proporcional.

Veja:

Observação: Se clicar na que fica ao lado os percentuais apresentados no quadro acima, poderá visualizar todas as casas decimais da porcentagem daquele cálculo.

8) No quadro Resultado, será o cálculo geral da apuração, onde totalizaremos os valores de Saldo Devedor do Período Anterior, Saldo Credor do Período Anterior, Créditos do Período Atual, Valor Retenção na Fonte, Total da Contribuição, Valor a Pagar, Crédito para transferir no Próximo Período e Débito para Transferir ao Próximo Período.

Observações:

O campo de débito do período anterior só apresentará valor no período atual se no período apurado anteriormente o valor de PIS/COFINS for inferior a R$ 10,00.

O campo de débito para transferir ao próximo período só terá valor se no período de apuração atual o valor da contribuição for inferior a R$ 10,00.

Ao clicar em , poderá informar se deseja gerar as guias do PIS e COFINS, veja abaixo:

Observação: A guia de PIS e COFINS só poderá ser gerada se o valor da contribuição no período for superior a R$ 10,00.

8) Se escolher gerar as Guias ao final do processo, poderá visualizar elas na aba Guias:

Em caso de dúvidas, por favor, entre em contato com a nossa equipe de suporte.

One Response to “Apuração de Tributos – PIS e COFINS”

Leave a Reply