Cadastro -> Patrimônio -> Consulta de Patrimônio

Permissões de Usuário:

1086 – Cadastro Bens Alterar

1084 – Cadastro Bens Consultar

1087 – Cadastro Bens Excluir

1085 – Cadastro Bens Incluir

1522 – Central de Relatórios do Produto

1801 – Desmembrar Bens

1800 – Incluir Aglutinação de Bens

Na consulta de Patrimônio poderá visualizar todos os bens do ativo imobilizado cadastrados no Bluesoft ERP, bem como fazer o gerenciamento dos dados e as alterações necessárias.

Para utilizar essa ferramenta, devemos seguir os seguintes passos:

1) A consulta de Patrimônio poderá ser feita de forma mais genérica, ou seja, sabendo as informações principais do bem.

Veja abaixo os filtros:

Produto: Poderá consultar por Código do conceito, Código do item, Descrição, Número de chapa e Número de série

2) A informação colocada no filtro produto, poderá buscar sendo:

3) E pelo Status:

4) Veja um exemplo de busca:

– Colocamos por Descrição, no Início e Status Ativo.

5) Após clicar em Buscar, poderá visualizar os registros que fazem parte da consulta.

Se precisar editar, poderá clicar na descrição do Bem e visualizar a ficha do produto:

6) Caso queira editar o cadastro do item patrimônio, poderá clicar no botão editar e será direcionado para a tela do conceito:

Na tela do conceito o usuário poderá informar a embalagem e marcar a opção se deseja receber vários itens pelo recebimento gerando apenas um item no patrimônio, para isso a opção: Gerar um único item no recebimento da mercadoria, deve estar como SIM.


Patrimônio tipo palete/contentor

É possível definir o item patrimônio com o tipo palete/contentor:

Após este parâmetro ser habilitado, o cadastro do patrimônio poderá ser usado nas operações de movimentação de paletes ou contentores de terceiros.

OBS: Caso um item definido como palete/contentor já tenha sido recebido, onde já foi definido um proprietário de palete/contentor, não será possível desabilitar este parâmetro. Sendo exibido o seguinte alerta em tela:


Patrimônio – Tributação Estadual ( Entrada )

É possível realizar o cadastro de um ICMS específico para cada UF, referente a entrada de um patrimônio, para uso na criação de um pedido de compra.

Diferente da figura fiscal de um cadastro de produto comum, que é obrigatório, a tributação estadual no cadastro de patrimônio é opcional.

Ao realizar a criação de um pedido de compra, o ERP irá se basear no tributação estadual presente no cadastro do patrimônio.

Informação importante:

Caso não esteja definido nenhum ICMS específico no cadastro, o ICMS utilizado na negociação de compra do pedido criado, será de 090 – Outras.

Caso o ICMS definido no cadastro do patrimônio possua ST, e o fornecedor não seja do ramo de atividade Industria, ao realizar a criação de um novo pedido de compra, o ICMS utilizado na negociação de compra será de 060 – Recolhido na fonte.

Em caso de dúvidas, por favor contate o suporte.

Leave a Reply