Preenchimento da base e valor de ICMS no processamento da NF-e

Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Estoques e NF-e > Recebimento de Mercadorias > Consultar Processamento da NF-e

Permissões de Usuário: MB__info

1490 – Consulta recebimento do XML da NFe

1794 – Enviar manifestação para Sefaz

2334 – Manifestação manual de notas fiscais na SEFAZ

1491 – Processamento de nota fiscal eletrônica

2284 – Transformar nota fiscal em despesa com consumo

2366 – Alterar Abordagem do ICMS no processamento do XML

 

O módulo de Consultar Processamento da NF-e tem como finalidade demonstrar notas fiscais que foram faturadas contra uma loja, para que possam ser recebidas e efetivadas no Sistema Bluesoft ERP.

Nesse módulo são listadas notas fiscais que foram pré-criadas através do recebimento do arquivo XML da nota fiscal.

O recebimento deste arquivo pode ser realizado através das seguintes opções:

  • Envio por email
  • Upload manualmente do arquivo
  • Através da consulta do destinatário

 

O processamento na nota fiscal usará a abordagem configurada no cadastro do emitente para preenchimento da base e valor do ICMS nos totais da nota fiscal:

 

 

Através do cadastro de pessoas na aba FISCAL, é possível configurar qual será a Abordagem do ICMS no processamento do XML:

 


É possível entre três opções:

 

  • Utilizar Parâmetro Geral Atual: O ERP vai calcular no processamento do arquivo XML os totais de base e valor de ICMS respeitando o que está configurado no parâmetros de compras:

 


  •  Calculado pelo ERP – Bluesoft: Quando este parâmetro for habilitado o sistema vai calcular os valores totais de Base de Cálculo e valor do ICMS no processamento da NFe. Portanto, usando este parâmetro, caso os valores calculados pelo emitente forem diferentes, não serão acatados na totalização da nota processada.

  •  Calculado pelo emitente – Arquivo XML: Quando este parâmetro for habilitado o sistema vai acatar os valores totais da Base de Cálculo e valor do ICMS calculados pelo emitente na integração e processamento do arquivo XML.

Para utilizar, devemos seguir os seguintes passos:

Para melhor entendimento dos parâmetros, vamos utilizar alguns exemplos. Imaginemos uma nota fiscal com os seguintes parâmetros:

  • Nota Fiscal de Venda com CFOP 1.102
  • Produto: REFRESCO LARANJA 35G
  • Quantidade: 100
  • Custo: R$ 1,00
  • ICMS: 18% Integral

Baseado nos dados acima teríamos, R$ 100,00 de base e R$ 18,00 em valor de ICMS.

Por conta da forma de arredondamento ao faturar a nota fiscal, o valor de ICMS ficou 2 centavos a mais que o valor correto:

 

Visualização da NF-e semelhante a SEFAZ:

 


Nota fiscal processada com parâmetro de abordagem Calculado pelo ERP – Bluesoft

 

Conforme mencionado anteriormente, quando o parâmetro de abordagem for Calculado pelo ERP – Bluesoft, os valores totais de Base de Cálculo e valor do ICMS no processamento da NFe serão calculados baseados nos dados informados no XML.

 


Baseado no exemplo acima, o sistema usou os campos vUnCom, qCom e pICMS para calcular os valores totais:

  • Base de ICMS: 100 * 1 = R$ 100,00(qCom * vUnCom)
  • Valor de ICMS: 100 * 18% = R$ 18,00 – (Base de ICMS * pICMS )

 


Nota fiscal processada com parâmetro de abordagem Calculado pelo emitente – Arquivo xml

 

Conforme mencionado anteriormente, quando o parâmetro de abordagem for Calculado pelo emitente – Arquivo xml, os valores totais de Base de Cálculo e valor do ICMS no processamento da NFe serão calculados baseados nos campos vBC e vICMS informados no XML.

 


Ao prosseguir com o lançamento da nota fiscal as divergências de valores serão mencionadas na Totalização da nota fiscal:

 

 


Em ambos parâmetros na nota fiscal será gravada a abordagem utilizada:

 Calculado pelo ERP – Bluesoft:

 


 Calculado pelo emitente – Arquivo xml:

 


Após a confirmação da nota fiscal será possível visualizar está informação na aba Ocorrências:

 


Em notas fiscais lançadas de forma manual, a abordagem sempre será Calculado pelo ERP – Bluesoft

Adriano Silva

Responder