Caminho da Funcionalidade no Sistema: Estoques e NF-e > Conhecimento de Transporte > Processamento CT-e
Permissões de Usuário: MB__info

Número – Nome da Permissão

2298 – Importar NF CT-e

2754 – Vincular notas fiscais ao processamento do CT-e

2756 – Alterar valor do frete rateado por nota na CT-e

O intuito desse módulo é que o usuário do Bluesoft ERP possa agilizar o processo de lançamento de documentos fiscais de Conhecimento de Transporte (CT-e), utilizando seu XML para criação.

Porém existe algumas regras para a importação dos arquivos XML :

Só serão importadas conhecimentos de transporte com os seguintes CFOPs :

Dentro do estado:

  • 1353 – Prestação de serviço de transporte a estabelecimento comercial

Fora do estado:

  • 2353 – Prestação de serviço de transporte a estabelecimento comercial fora do estado

Lojas com ramo de atividade indústria:

  • 1352 – Aquisição de serviço de transporte por estabelecimento industrial
  • 2352 – Aquisição de serviço de transporte por estabelecimento industrial
Qual CNPJ do xml será considerado como tomador do serviço? Isto depende de como a tag <toma3> do xml está preenchida. Segundo a documentação da SEFAZ, a regra utilizada será a seguinte:
  • Caso esteja preenchido o valor 0 nesta tag, usaremos o CNPJ do Remetente.
  • Caso esteja preenchido o valor 1 nesta tag, usaremos o CNPJ do Expedidor.
  • Caso esteja preenchido o valor 2 nesta tag, usaremos o CNPJ do Recebedor.
  • Caso esteja preenchido o valor 3 nesta tag, usaremos o CNPJ do Destinatário.

Se o tomador for uma loja, o XML será processado, caso não, será ignorado.

Informações Importantes:
  • O ICMS em documentos fiscais importadas por esse módulo será 090 – Outros.
  • Arquivos que não são CT-e (conhecimento de transporte eletrônico) serão ignorados.
  • Arquivos onde o CNPJ do destinatário (loja) não esteja cadastrado serão ignorados.

Para utilizar essa ferramenta, devemos seguir os seguintes passos:

1) Acessar o módulo Processamento CT-e:


btnImportar

2) Após acessar o módulo para Processamento CT-e, clique sobre o botão 

O arquivo deve está compactado em formato .zip


3) Devemos preencher a data de recebimento, podendo ser uma data retroativa se necessário:


4) Caso seja necessário vincular notas fiscais de recebimento de mercadoria ao CT-e, é necessário importar o XML sem processa-lo automaticamente, para isso marque a opção “Importar os XMLs somente, sem processá-los ainda”


5) Clicando em IMPORTAR CT-e(s), faremos o upload do arquivo, depois devemos clicar em PROSSEGUIR:


6) Após o término do upload, uma mensagem de sucesso será apresentada ao usuário:


7) Clicando em BUSCAR será possível visualizar os documentos fiscais importadas no período filtrado:


8) Caso existiam erros, o status do arquivo ficará como FALHOU e clicando sobre o link será possível visualizar os detalhes do erro:


9) Após a correção dos erros, basta selecionar o documento fiscal e clicar em PROCESSAR XML:


10) Após clicar em PROCESSAR XML, devemos preencher a data de recebimento, podendo ser uma data retroativa se necessário:

Após selecionar a data e clicar em PROSSEGUIR, o sistema iniciará o reprocesso dos documentos fiscais selecionadas.

 


11) Caso não existiam erros, o status do arquivo ficará como PROCESSADO e será possível ver o documento fiscal clicando sobre o número do mesmo:


Ao processar esse documento fiscal serão geradas as seguintes informações:

  • Duplicada de Pagamento:

Observação: A data de vencimento da duplicata será definida pelos dados de cobrança da transportadora que prestou o serviço. Caso a transportadora não tenha dados de cobrança cadastrados, o vencimento da duplicata será á vista, isto é, a mesma data de recebimento da CT-e.

  • Escrita Fiscal:

A data da contabilização será a informada no inicio do processo de importação (data recebimento):

Para contabilização do documento fiscal serão utilizados os seguintes mapas contábeis: Lojas com ramo de atividade Indústria:
  • CUSTO COM FRETES
  • SERVIÇOS DE TRANSPORTE A PAGAR

Lojas com ramo de atividade diferente de indústria:

  • FRETE SOBRE COMPRAS
  • SERVIÇOS DE TRANSPORTE A PAGAR

Vincular CT-e a notas de recebimento de mercadoria

1) Enquanto o CT-e estiver com o status de “Pendente”é possível vincular uma ou mais notas de recebimento de mercadoria, para isso clique em Ações e em Vincular notas fiscais ao CT-e


2) Caso o XML do CT-e possua chaves das notas que foram feitas o transporte o sistema irá buscar e apresentar em Notas encontradas pela Chave ou incluídas:


3) Clicando em incluir é possível vincular mais notas ao CT-e:


4) Para buscar as notas para a vinculação podemos usar os seguintes filtros:

  • Loja – Por padrão será filtrado apenas notas da loja que o CT-e pertence
  • Fornecedor – Permite buscar notas de um fornecedor
  • Período de emissão – Permite buscar notas por um período de emissão de até 31 dias
  • Número da nota fiscal –  Permite buscar pelo número da nota fiscal
  • Chave – Permite buscar pela chave da nota fiscal

Clicando em Incluir notas selecionas o sistema irá inserir as notas selecionas para serem vinculadas ao CT-e.

Obs: Não serão listadas notas que já estiverem vinculadas a outro CT-e e que já possuirem valor de frete. 


4) Selecionando as notas e clicando em Ratear frete CT-e nas notas selecionadas o sistema irá ratear o valor da CT-e pelas notas que foram selecionas de acordo com o valor de cada uma:

Caso seja necessário informar um valor diferente no rateio, é possível clicar na coluna frete e alterar o valor desde que a soma dos valores de frete seja igual ao valor total da CT-e.

Quando os valores de frete estiverem preenchidos é possível clicar em confirmar.

OBS: As notas fiscais que estiverem vinculadas a um CT-e só poderão ser confirmadas após o CT-e estiver com o status de processado.

Em Notas encontradas pela Chave que não estão aptas para vinculação o sistema lista as notas que estão nas seguintes condições: 

  • Notas que ainda não existem na base de dados;
  • Notas que já foram fechadas;
  • Notas que já possuam um valor de frete.


5) Após as notas serem vinculadas, processe o XML conforme informado acima. Quando o status do CT-e estiver processado o valor de frete rateado será inserido na nota. O tipo de frete deve ser por conta do destinatário:


6) Ao confirmar a nota de recebimento será gerado os seguintes dados:

  • Duplicata

  • Escrita Fiscal

Não terá contabilização de frete na mesma partida dobrada de contabilização do recebimento da nota. Será gerada uma partida a parte referente o estorno de despesa com frete (já contabilizada no processamento do CT-e) para compor o valor das mercadorias.

 

Atenção:
  • Somente notas do tipo Recebimento de Mercadorias e Nota de Produtor, isto é, notas fiscais de compra comum e notas fiscais de recebimento de mercadoria originada de encomenda para recebimento futuro (1117 ou 2117) poderão ser vinculadas a um CT-e. Em breve teremos melhorias para outros tipos de notas fiscais.

 

 

Leave a Reply