Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Compras > Consulta Negociação de Compra

Compras > Configurações > Parâmetro tolerância negociação

Permissões de Usuário: MB__info

137 – Negociação de Compra Consultar

138 – Negociação de Compra Incluir

139 – Negociação de Compra Alterar

118 – Preço de Venda incluir

123 – Preço de Venda Alterar

1185 – Código de Referência e Descrição do Produto do Fornecedor

1240 – Alterar Status da Negociação

1514 – Alterar PIS/COFINS do cadastro de produtos

1450 – Alterar Tributação Estadual ICMS

1518 – Alterar Tributação Federal PIS e COFINS

1522 – Central de Relatórios do Produto

2093 – Usar custo considerando verba financeira

2321 – Importação de tabela de preços para negociação de compra

2640 – Usar valor combinado em pedidos de bonificação

3486 – Importar negociação item

O módulo Negociação de Compra tem como finalidade, registrar os custos, tributações, acréscimos e descontos que a rede varejista terá ao adquirir as mercadorias do fornecedor. Além disso, também é possível definir o preço de venda.

As negociações de compras são feitas a partir de um Contrato de Fornecimento, onde são definidos prazos de entrega e pagamento para o fornecedor.

Para incluir uma nova negociação de compra, seguir os seguintes passos:

1. Incluir Nova Negociação de Compra.

Selecionar o fornecedor e buscar. Os contratos de fornecimento serão apresentados na consulta. Clicar no ícone “incluir negociação” ao lado do contrato de fornecimento desejado e informar a descrição para a nova negociação.

novaNegociacao


Após incluir a nova negociação, os itens do fornecedor serão apresentados na tela. Para informar o custo da mercadoria, tributação, descontos e preço de venda é necessário editar item a item clicando em cima da descrição e depois no lápis de edição. Também é possível buscar o produto através da descrição ou referência selecionando a lupa que fica á cima da descrição dos produtos.

No exemplo, à esquerda são todos os produtos do Fornecedor Bluesoft. A direita é possível acessar a Central de Relatório do Produto selecionado, editar a Negociação e também editar o Preço de Venda.  

negociacao

Através do botão é possível pesquisar os produtos do pedido de compra utilizando o código de referência, descrição, código interno ou GTIN.


2. Links de Atalho

Através da busca na tela de Consulta de Negociação de Compra , é possível se utilizar dos links de atalho para:

Tabela de Preços:

Contrato de Fornecimento:


3. Editar Negociação de Compra.

Após selecionar o lápis para editar a negociação do produto, poderá ser informado custo, descontos, acréscimos, tributações e preço de venda.

Custo: Informar o custo bruto por unidade ou por embalagem negociado com o Fornecedor.

Descontos: O desconto será informado caso o fornecedor conceda algum desconto no produto. É possível informar três descontos sendo que o desconto 2 é sobre o valor com o desconto 1 e o desconto 3 é sobre o valor com os descontos 1 e 2.

IPI: Aqui o usuário poderá informar a porcentagem do IPI. Frisando que a base de cálculo do IPI sobre o qual a porcentagem vai incidir para calcular o valor é a soma “Custo Bruto por Embalagem – Desconto Total + Despesa Tributada + Frete CIF”.

Despesa Não Tributada: Trata-se da despesa que não será usada nas bases de cálculo do IPI, ICMS e substituição tributária.

Despesa Tributada: Trata-se da despesa que será usada nas bases de cálculo do IPI, ICMS e substituição tributária.

Frete: Aqui o usuário informará o frete da negociação. Ele poderá também definir se o frete será CIF (por conta do destinatário) ou  FOB (por conta do remetente). Se o frete for CIF ele será usado nas bases de cálculo de IPI, ICMS e substituição tributária e, caso seja FOB, não será usado nestas bases.

Substituição Tributária: Quando o ICMS do produto é substituído, é necessário informar o percentual de IVA e alíquota do produto para calcular o valor da ST. Para alguns produtos é utilizado valor de Pauta para calcular a ST ao invés de IVA, nesse caso, o valor da Pauta deve ser informado no campo de Base (ICMR). É possível informar também o valor ou percentual de FCP-ST para o item negociado.
Quando no cadastro do produto a flag Redução de Base de ST estiver habilitada, o sistema irá reduzir a base da ST conforme a redução da alíquota de ICMS selecionada na negociação.
Para reduzir a base de ST com uma alíquota diferente do ICMS, é necessário que a flag Redução de Base de ST esteja habilitada, e tenha um percentual informado no campo Alíquota Red. Base ST.

Exemplo:

Nesse caso o calculo da Substituição Tributária ficará da seguinte forma na negociação:

Valor de ICMS: 34,12 * (1-41,67%) * 12% = 2,388263
Base ST: 34,12 * (1 + 47,95%) * (1-26,11%) = 37,300071
Valor ST = (37,300071 * 18%) – 2,388263 = 4,325749

Tributação: Informar o ICMS e PIS/COFINS do produto. O ICMS de Compra será definido pelo ICMS de Entrada que esta no cadastro do produto. Entretanto, caso este ICMS de Entrada do cadastro seja com código de tributação com cobrança de substituição tributária (30, 10 ou 70), e o ramo de atividade do fornecedor seja diferente de Indústria, então o ICMS de Compra será definido como 060 (Recolhido na Fonte por Substituição Tributária).

Custo Final: É o custo bruto unitário – descontos + acréscimos + substituição tributária.

Custo Contábil: Trata-se do custo líquido, isto é, o custo bruto subtraindo os tributos recuperáveis (ICMS, PIS e COFINS)

Cálculo de Acordos: será possível informar o valor ou a porcentagem da bonificação e também das verbas financeiras.

Os campos de porcentagem e valor do Cálculo de Acordos são calculados automaticamente de acordo com base de cálculo definida no Parâmetro de Compras, esses valores podem ser aplicados para os produtos que estão em equivalência de preço, basta deixar marcado a opção Aplicar nos produtos equivalentes de preço.

Custo com Acordos: Clicar na seta para visualizar o custo com acordos.

No parâmetro Base de cálculo dos acordos em sell-in e verbas financeiras temos as opções: Custo bruto com desconto e Custo Final. Para definir, basta acessar o módulo Compras > Parâmetros do Módulo Compras > Pedido de Compra. Obs.: Quando este parâmetro for alterado, os valores de acordos (bonificação, verba e sell-in), que por acaso estejam informado em negociações anteriores à alteração da base de cálculo, serão zerados nas negociações criadas após a alteração, mesmo que esteja habilitado o parâmetro ”Trazer os valores de acordos na nova negociação ou pedido”. A partir destas novas negociações, enquanto o parâmetro de base de cálculo não for alterado novamente, os valores de acordos serão levados para as próximas negociações, se assim estiver configurado. 

 

Precificação do item pela negociação de compra

A região Preços de Venda da tela de edição da negociação de compra possibilita que o preço de venda do item seja definido durante o processo de negociação. Esse facilitador otimiza o tempo de liberação do item para a área de venda, por não ser necessário aguardar a etapa de precificação posterior ao recebimento, bem como viabiliza a precificação assertiva, uma vez que numa única tela são dispostas todas as informações necessárias para a definição do preço como os custos, margens, tributos entre outros.

Preços de Venda: Informar o novo preço de venda na coluna Novo preço e em SALVAR. Se desejar, é possível APLICAR PREÇO NAS CAIXAS ou ainda INCLUIR PACK VIRTUAL.

Ao clicar no ícone do relógio, também é possível incluir uma Nova Oferta para determinadas lojas.

Na tela de alteração de preços de venda também é possível visualizar os produtos concorrentes, equivalentes e o histórico de alterações de preços.preco

Importante:

Os campos e cálculos apresentados na área Preços de Venda da Negociação de Compra variam conforme configurações dos módulos de Compras e Pricing.

Passando o mouse sobre o título das colunas de cálculo é possível obter a fórmula aplicada.

Para maiores informações sobre a Precificação clique aqui.

 

Parâmetro tolerância custo negociação

O módulo de compras possui um parâmetro que permite configurar a tolerância de negociação, através dele é possível configurar percentuais de tolerância para alterações no custo unitário final da negociação de compra.

A aba Parâmetros é composta pelas seguintes configurações:

Regras para grupo de usuário, Tolerância para alteração do custo final por grupo e Tolerância para alteração do custo final por usuário, tendo as seguintes funcionalidades:

Informação importante: Essa tolerância será aplicada na edição da negociação do item e na edição do custo pela edição rápida do pedido. Não se aplica a edição de tabela de preços da consulta de pedidos, usada para atualização de tabela do fornecedor.

Regras para grupo de usuário:

Define que se um usuário, participante em mais de um grupo e não esteja cadastrado como exceção o valor definido a prevalecer será o menor ou maior a ser aplicado respeitando a parametrização definida, exemplo:

Os grupos Persona – Comprador e Persona – Adm possuem valores diferentes de tolerância, o grupo Persona – Comprador tem uma tolerância de 10% para menos enquanto o Persona – Adm tem o valor de 5%, caso o parâmetro esteja definido como maior o sistema respeitará o valor de 10% definido no grupo Persona – Comprador, caso contrário, definido como menor o sistema respeitará o valor de 5% definido no grupo Persona – Adm.

Tolerância para alteração do custo final por grupo:

Esta aba é destinada para a configuração de tolerâncias máximas e mínimas para grupos de usuários referente a alteração do custo final na negociação de compra.

Tolerância para alteração do custo final por usuário:

A configuração de tolerância conforme dito anteriormente, pode ser definida por grupos e também por usuários, possibilitando colocar um usuário específico como exceção com valores de tolerância diferentes do seu respectivo grupo, exemplo:

O usuário Master possui o grupo Persona – Comprador, o grupo esta definido com tolerância de 10% para mais, porém o usuário Master em específico possui o previlégio de poder alterar o custo unitário final para 15% a mais mesmo pertencendo ao grupo Persona – Comprador, sendo assim adiciona-se o usuário em questão como exceção incluindo os 15% de tolerância para o mesmo.

Aba Ocorrências:

Através desta aba é possível visualizar todas as alterações realizadas na aba regras para grupo de usuários e os respectivos usuários responsáveis por elas.



Negociação em pedidos bonificados

Quando a negociação pertence a um pedido bonificado, o campos Cálculo de Acordos será omitido.

Além disso um novo campo será demostrado para que seja possível informar o Valor Acordado de Bonificação (UN) quando necessário:


Esse valor será usado na geração de acordo comercial e na entrada da bonificação na conta comercial do fornecedor.


No exemplo abaixo, o valor de R$ 499,00 foi usado para gerar o acordo no fechamento do pedido.
Multiplicado pela quantidade do pedido (100) o valor lançado foi de R$ 49.900,00:


Na entrada da mercadoria, o sistema utilizará o custo unitário final para realizar o lançamento na conta comercial do fornecedor.

No nosso caso o valor é R$ 399,00, e multiplicado pela quantidade recebida (100) o valor lançado foi de R$ 39.900,00:


Além dos movimentos acima citados, o sistema lançará um movimento com a diferença entre o valor acordado em bonificação versus o valor enviado na nota fiscal.

No nosso exemplo a diferença é de R$ 10.000,00. Para chegar a esse valor fizemos a seguinte conta: (valor combinado – valor bonificação) = R$ 49.900,00 – R$ 39.900,00


A diferença de R$ 10.000,00 será usada também para aumentar os custos bruto e líquido do produto recebido:


3. Negociação de Referência.

É possível marcar uma ou várias negociações como referência ao clicar no ícone Negociação de Referência. O objetivo da Negociação de Referência é definir uma tabela fixa para o Fornecedor.

incluirreferencia


Quando selecionada esta opção, ao lado do nome do Fornecedor/Divisão será exibido uma estrela Referência Padrão.

ref


Para desmarcar a Negociação de Referência, basta clicar no ícone Desmarcar Negociação de Referência.

desmarcar


Na edição de itens da negociação, caso a mesma tenha sido criada a partir de uma Negociação de Referência, temos o botão Salvar e copiar para negociação de referência.

O mesmo serve para copiar as alterações desse item, para a negociação de referência utilizada. Caso queira alterar só para a própria negociação, como nos casos de produtos que os preços são diferenciados naquela compra específica, basta utilizar o botão Salvar, como já é feito hoje.

Feito isso, é possível emitir Pedidos de Compras.


Importação de dados para negociação item

Através desta opção será possível atualizar os campos da negociação de compra através da importação de um arquivo CSV.

Para isso, o usuário deverá possuir a permissão 3486 – Importar negociação item.

Para realizar a importação dos dos dados da negociação item, devemos seguir os seguintes passos:

1-) Acessar o módulo Compras > Consulta de Negociação de Compra


2-) Informar o fornecedor desejado e clicar em BUSCAR


3-) Na negociação desejada, que em Ações > Importar Dados dos Itens


4-) No link demonstrado abaixo será possível baixar a planilha e exemplo para importação

No arquivo o usuário deverá preencher os campos

  • gtin – código de barras do produto a ser atualizado (obrigatório)
  • custo_bruto_unitario – valores separados por ponto (exemplo 1.99)
  • desconto1 – valores separados por ponto (exemplo 2.99)
  • desconto2 – valores separados por ponto (exemplo 3.99)
  • desconto3 – valores separados por ponto (exemplo 4.99)
  • ipi_valor – valores separados por ponto (exemplo 5.99)
  • despesa_nao_tributada – valores separados por ponto (exemplo 6.99)
  • despesa_tributada – valores separados por ponto (exemplo 7.99)
  • tipo_frete – opções válidas CIF ou FOB
  • frete_valor – valores separados por ponto (exemplo 8.99)
  • percentual_iva_st – percentual de IVA-ST para cálculo da substituição tributária
  • aliquota_interna – alíquota para cálculo da substituição tributária
  • codigo_origem – código de origem do ICMS
  • cst_compra – código de tributação do ICMS
  • csosn_compra – CSOSN do ICMS
  • aliquota_compra – alíquota do ICMS
  • reducao_compra – redução do ICMS
  • cst_pis_cofins – código de tributação do PIS/COFINS
  • aliquota_pis – alíquota do PIS
  • aliquota_cofins – alíquota do COFINS
  • bonificacao_valor – valor de bonificação (cálculo de acordos)
  • verbas_financeiras_valor – valor de verbas financeiras (cálculo de acordos)
  • sell_in_valor – valor do SELL-IN (cálculo de acordos)
  • uf – estado sigla da negociação

5-) Após preencher o CSV devemos selecionar o mesmo clicando em IMPORTAR CSV e depois IMPORTAR


6-) Após a importação do arquivo, você deve aguardar alguns instantes até o ERP processar o arquivo enviado. Um serviço que roda a cada 10 minutos irá processar o mesmo. Até que isso aconteça, os registros enviados ficarão com status PENDENTE


7-) Os registros que o ERP não conseguir processar ficaram com o status de ERRO, e clicando nas ocorrências será detalhar o motivo


😎 Após corrigir os problemas, clique em REPROCESSAR e aguarde novamente o serviço do ERP tentar processar os arquivos


9-) Os registros processados ficaram com o status IMPORTADO


10-) Na negociação item será possível visualizar as ocorrências das alterações

Edição da Tabela de Preços

É possível editar a Tabela de Preços através da Consulta Negociação de Compra, clicando no botão “Ações”, escolha a opção “Editar Tabela de Preços”.

Caso sua base não tenha regras fiscais habilitadas internamente, será exibido o ícone para edição da tabela conforme imagem abaixo:

Será exibida a tela de Manutenção da Tabela de Preços informando o número da negociação que será editada:

Também é possível exportar e importar a Tabela de Preços para facilitar a edição dos custos clicando nos botões “Exportar para Excel” e “Importar Excel”.

Exemplo:

Exportando arquivo Excel e alterando custo bruto por embalagem do produto:

Após a importação, o custo será alterado e salvo:

Importante atentar-se a algumas observações:

  • Caso a planilha tenha sua estrutura alterada, a importação falhará.
  • Somente os valores dos custos devem ser alterados; alterações em quaisquer outros campos (código interno, gtin principal, produto, etc) serão ignoradas.
  • O número da negociação da planilha deve referenciar a mesma negociação que o usuário deseja atualizar.
  • Em casos de valores com dízimas periódicas, o sistema arredondará (para cima ou para baixo) os valores em 6 casas decimais.
  • O custo bruto por embalagem será priorizado na importação ao ERP. Somente se o custo por embalagem estiver zerado ou vazio é que será importado o custo bruto unitário.
  • Caso o código interno seja alterado acidentalmente e o novo código pertença a um produto no ERP mas este produto não está na negociação selecionada, esta linha da planilha será ignorada.
  • Se o usuário analisar a célula B11, irá perceber o carácter ‘ no início da célula. Esta é uma representação interna dos arquivos .xls e .xlsx para determinar quais campos são numéricos e quais campos são texto. Este carácter não deve ser removido em hipótese alguma.
  • Os custos não podem ser negativos. Caso o custo bruto por embalagem seja zero ou vazio, o custo bruto unitário deve obrigatoriamente ser preenchido.
  • Caso a Negociação seja Multi-Estado serão ordenadas as negociações de cada produto por UF, para saber mais sobre como editar a Tabela de Preços em uma negociação Multi-Estado clique aqui.
Comments are closed.