Caminho da Funcionalidade no Sistema:

Estoques e NF-e > Recebimento de Mercadorias > Consultar Processamento da NF-e

Estoques e NF-e > Recebimento de Mercadorias > Consultar Notas Fiscais Recebidas

Estoques e NF-e > Recebimento de Mercadorias > Incluir Nota Fiscal

Permissões de Usuário: MB__info

Número – Nome da Permissão

1988 – Alterar Base e o valor do ICMS Próprio nos Totais da NF

1080 – Alterar data de recebimento dentro do período parametrizado

1426 – Alterar data de recebimento para qualquer data

1421 – Alterar ICMS dos itens

1489 – Alterar Itens de NF-e lançada por XML

1191 – Alterar Número de Nota Fiscal

1836 – Alterar tipo de frete

1563 – Alterar Totais de NF-e lançada por XML

1404 – Alterar valor da pauta fiscal

1265 – Aprovar divergências de preço e quantidade

9 – Clientes Excluir

1185 – Código de Referência e Descrição do Produto do Fornecedor

280 – Confirmacao Recebimento Incluir

1109 – Curva Abc – Alterar

1335 – Exibir Preço de Venda na EM

1521 – Prosseguir recebimento com divergência de NCM

182 – Recebimento Consultar

1402 – Recebimento de Mercadorias – Preencher Quantidades

187 – Recebimento Excluir

183 – Recebimento Incluir

1490 – Consulta recebimento do XML da NFe

2399 – Emitir devolução de compra no ato de recebimento com valor superior ao parametrizado

1794 – Enviar manifestação para Sefaz

2424 – Enviar produto para auditoria em carga integrada via API

2334 – Manifestação manual de notas fiscais na SEFAZ

1491 – Processamento de nota fiscal eletronica

2284 – Transformar nota fiscal em despesa com consumo

836 – Alterar Status Recebimento

2279 – Criação de pedido baseado em nota fiscal bonificada

1961 – Criar Pedido Baseado Na Nota Fiscal

1406 – Faturar Nota Fiscal

1931 – Imprimir romaneio

667 – Incluir carta de correção

1528 – Lançamento Conjugado em Operador Logístico

142 – Pedido Incluir

1812 – Preenchimento de Romaneio em Nota Fiscal com Carga

1989 – Prosseguir com Recebimento ignorando percentuais máximos de Preço de Venda / Diferença de Custo

O objetivo deste artigo é explicar como basicamente funciona o recebimento de mercadorias do Bluesoft ERP.

Início do Recebimento de uma Nota Fiscal

O recebimento de uma nota fiscal pode ser realizado manualmente ou pelo processamento do XML.

Para lançar manualmente é necessário acessar “Estoques e NF-e > Recebimento de Mercadorias > Incluir Nota Fiscal”. Saiba mais aqui.

Para lançar pelo processamento do XML acesse “Estoques e NF-e > Recebimento de Mercadorias > Consultar Processamento da NF-e”. Saiba mais aqui.


Consulta de Notas Recebidas ou em Recebimento

Notas lançadas manualmente ou por processamento pode ser acessadas pelo menu “Estoques e NF-e > Recebimento de Mercadorias > Consultar Notas Fiscais Recebidas”. Tenha mais detalhes aqui.


O Lançamento da nota fiscal

No recebimento de uma nota de compra é necessário vincular um pedido de compra:

Existe a possibilidade de criar pedidos automaticamente pelo XML processado. Para mais detalhes desta função clique aqui.

Alguns tipos de notas não têm a necessidade de um pedido de compra.

Após a inclusão do pedido de compra passamos para a tela dos itens da nota onde é possível lançar valores, quantidades, tributações e também comparar com os dados do produto no pedido de compra:

Também é possível fazer lançamento de itens pelo Preview onde é possível agilizar bastante o recebimento da nota:

Na tela de Totalização da Nota Fiscal é possível encontrar divergências entre o valores totais lançados e os valores totais da nota.

 

Na tela de tratamento de divergências entre o lançamento e o pedido é possível, com as devidas permissões, aprovar o recebimento com divergência de quantidade, aprovar enviando a diferença para a conta comercial do fornecedor, reprovar o produto devolvendo ele integralmente, reprovar quantidade acima do pedido e devolver parcialmente.

Temos também a opção de acionar o suporte da divergência online (saiba mais aqui).

Resolvidas as questões de divergências, a próxima tela é a do romaneio:

Nesta tela é possível:

  • Imprimir o romaneio para conferência cega no recebimento físico
  • Liberar a nota para recebimento de carga com coletor (saiba mais aqui).
  • Informar as quantidades recebidas com data de fabricação, data de validade e lote.
  • Receber uma quantidade maior do que a aprovada na Nota Fiscal (saiba mais aqui).

Quando o recebimento for referente a uma nota fiscal de compra do ativo imobilizado, poderá informar os dados para criação dos itens de patrimônio, para mais detalhes será importante ler este post.

Ao prosseguir, caso tenha divergência de quantidade recebida, o sistema notificará que será emitida nota de devolução:

Prosseguindo mesmo assim, a nota fiscal de devolução será emitida pelo sistema:

A duplicata de cobrança gerada pela devolução será incluída como abatimento na duplicata de pagamento da nota de compra se:

  • A resolução de devolução de compra no contrato de fornecimento for “Abatimento em duplicata”
  • O valor da duplicata de cobrança não for maior que o valor líquido da duplicata de pagamento.
  • Se a duplicata de cobrança tiver a mesma data de vencimento da duplicata de pagamento.

Icms de entrada em operações interestaduais 

Nas operações interestaduais realizadas o icms de entrada no recebimento de mercadorias será sempre o do pedido e o icms de origem continuará sendo o do XML encaminhado pelo remetente pois em operações posteriores como devolução no ato e troca o icms base para calculo deve ser o de origem.

Abaixo segue imagem de um exemplo onde na ocasião o icms utilizado no pedido em sua negociação foi o 000 – 18% integral e o mesmo ficou definido no lançamento como icms de entrada, já o icms de origem segue definido pela sua origem(xml):

Quando se tratar de uma operação com cst 090, no recebimento no campo de icms(entrada) será aplicado 090, logo a escrituração apresentará o valor correspondente na coluna Outros:


Recebimento com rateio de frete – FOB

A utilização da função de rateio de frete nos produtos estará disponível sempre que o recebimento for realizado mediante ao processamento de XML, o frete for FOB(por conta do destinatário) e o campo “Ratear valor para os itens” na capa da nota estiver habilitado, essa funcionalidade funcionará da seguinte forma, toda vez que o usuário optar por fazer o rateio do frete o valor total do mesmo será distribuído entre os produtos proporcionalmente, exemplo:

Valor do frete FOB informado: R$ 10,00

Porcentagem de rateio do produto Alface Crespa: 66,60%
Valor rateado do frete FOB: R$ 3,33

Porcentagem de rateio do produto Refrigerante Zero: 66,70%
Valor rateado do frete FOB: R$ 6,67

Onde acima o valor de rateio somado dos itens totaliza o frete informado na nota.

Capa da nota com o campo de “Ratear valor para os itens” habilitado,
por padrão o campo fica habilitado, caso o usuário não queira realizar o rateamento automático basta desmarcar o campo:

Itens com os valores de rateio distribuídos totalizando o frete informado na capa da nota:


Parâmetro para ignorar o frete na divergência do pedido

O parâmetro “Ignorar o Frete na divergência do pedido com o recebimento da nota fiscal” surtirá efeito nos casos em que na negociação do pedido não tenha sido informado um valor de frete, porém esse valor seja adicionado no recebimento de mercadorias na capa da nota sendo assim quando habilitado sempre que uma nota for recebida via processamento do XML o ERP não irá exibir a tela de divergência permitindo o prosseguimento para conclusão da nota normalmente.

Por padrão esse parâmetro estará desabilitado ficando por conta do usuário habilita-lo quando achar necessário, toda nota faturada com este parâmetro habilitado será gerado um log nas ocorrências da nota fiscal informando ao usuário que a nota foi recebida com o parâmetro habilitado.

O parâmetro esta disponível no seguinte caminho:

Compras > Configurações > Parâmetros do módulo de Compras
aba Recebimento de Mercadorias

Log na ocorrência da nota fiscal recebida com o parâmetro habilitado:


Recálculo da base de cálculo e valor de ICMS quando item é recebido com guias de recolhimento

Quando, no recebimento de mercadorias uma nota for interestadual, seu lançamento se iniciou pelo processamento do XML, e na capa da nota há lançamento de guia de ICMS (GARE/GNRE/DAR-1), então, ao avançar para a tela de totalização, o sistema vai refazer a base de cálculo do ICMS e valor de ICMS da capa da nota sem incluir os itens que estão lançados com substituição tributária.

Base ainda não recalculada (o recalculo será feito na tela de divergências da nota):

Itens que no XML não estavam calculados com substituição tributária, porém foram com negociados com ST:

Na tela de divergências da nota fiscal é possível observar que o base de cálculo e valor de ICMS foram recalculados:

E na capa da nota a base de calculo e valor de ICMS foram alterados pelo sistema na capa da nota:

 

Leave a Reply